• Lyrica
  • Lyrica photo

Genéricos Lyrica (Pregabalin)

Analgésicos, Anticonvulsivantes, Perturbações Neurológicas

Lyrica Genérico é utilizado para tratar fibromialgia ou dores nos nervos causadas por certas condições (exemplo, herpes, problemas do nervo diabéticos). Também é utilizada em combinação com outros medicamentos para tratar certos tipos de tonturas.

Marca(s): Prebel

Fabricante: Johnlee Pharmaceuticals

Diseases: Fibromyalgia / Diabetic Peripheral Neuropathy / Seizures

Known as: Lyrica


EmbalagemPreçoPor comprimidoPoupançaEncomenda
75mg × 30 tablet€ 86.40€ 2.88Adicionar ao carrinho
75mg × 60 tablet€ 122.80€ 2.05€ 50.00Adicionar ao carrinho
75mg × 90 tablet€ 159.20€ 1.77€ 100.01Adicionar ao carrinho

EmbalagemPreçoPor comprimidoPoupançaEncomenda
150mg × 30 tablet€ 136.45€ 4.55Adicionar ao carrinho
150mg × 60 tablet€ 222.90€ 3.72€ 50.00Adicionar ao carrinho
150mg × 90 tablet€ 313.90€ 3.49€ 95.46Adicionar ao carrinho

EmbalagemPreçoPor comprimidoPoupançaEncomenda
300mg × 10 tablet€ 27.25€ 2.73Adicionar ao carrinho
300mg × 20 tablet€ 45.45€ 2.27€ 9.05Adicionar ao carrinho
300mg × 30 tablet€ 54.55€ 1.82€ 27.21Adicionar ao carrinho
300mg × 60 tablet€ 90.95€ 1.52€ 72.57Adicionar ao carrinho
300mg × 90 tablet€ 122.80€ 1.36€ 122.49Adicionar ao carrinho

Produtos da mesma categoria


Uma cápsula do Pregabalina

O que é este medicamento?

Pregabalina é um medicamento antiepiléptico, também chamado de anticonvulsivo. Ele atua retardando os impulsos cerebrais que causam convulsões. Lyrica também afeta substâncias químicas no cérebro que enviam sinais de dor através do sistema nervoso.Lyrica é usado para controlar convulsões e para tratar a fibromialgia. Também é utilizado para tratar a dor causada por lesões nervosas em pessoas com diabetes (neuropatia diabética), herpes zóster (neuralgia pós-herpética ou dor neuropática associada a lesão medular).

O que eu devo informar ao meu médico antes de tomar este medicamento?

Ele deve saber se você tem um desses problemas:

  • problemas de sangramento
  • doença cardíaca, incluindo insuficiência cardíaca
  • abuso de álcool ou drogas no passado
  • doenças renais
  • pensamentos, planos ou tentativas suicidas; Tentativa anterior de suicídio feita por você ou mesmo tentativa de suicídio de algum familiar
  • uma reação incomum ou alérgica à pregabalina, gabapentina, outros medicamentos, alimentos, corantes ou conservantes
  • se você está gravida ou tentando engravidar, ou seja conceber um bebê
  • se você amamenta

Como eu devo tomar este medicamento?

Tome este medicamento por via oral com um copo de água. Você pode tomar este medicamento com ou sem alimentos. Tome doses em intervalos regulares. Não tome o medicamento com mais frequência do que foi indicado. Não pare de tomar, a não ser que isso seja aconselhado por seu médico. Converse com o pediatra sobre o uso deste medicamento em crianças. Cuidados especiais podem ser necessários.

O que fazer em caso de overdose?

Se caso tenha tomado o medicamento em excesso, imediatamente ligue para um centro de controle de envenenamento ou para uma unidade de pronto atendimento.

O que pode interagir com este medicamento?

  • medicamentos para diabetes, como a pioglitazona
  • medicamentos que ajudam a dormir ou relaxar como lorazepam, alprazolam ou diazepam
  • medicamentos prescritos para aliviar a dor
  • rosiglitazona (Avandia, Avandamet, Avandaryl)
  • Medicamentos para coração ou pressão arterial, tais como benazepril (Lotensin), enalapril (Vasotec), lisinopril (Prinivil, Zestril), quinapril (Accupril), ramipril (Altace) e outros.

Esta lista pode não descrever todas as interações possíveis. Dê ao seu médico uma lista de todos os medicamentos, ervas, medicamentos sem receita médica ou suplementos dietéticos que você usa. Informe também se você fuma, bebe álcool ou usa drogas ilícitas. Algumas substâncias podem interagir com o seu medicamento.

O que irá acontecer se eu esquecer de tomar uma dose do medicamento?

Se você esqueceu de tomar uma dose, tome o mais rápido possível. Se está quase na hora de tomar outra dose, tome apenas esta dose. Não tome dose dupla ou dose adicional.

Do que eu devo lembrar enquanto tomo este medicamento?

  • Visite o seu médico para fazer verificações regulares do seu progresso.
  • Seu médico terá que verificar regularmente a sua saúde. Não perca nenhuma consulta agendada.
  • Você pode fazer em casa seu registro pessoal, de como você sente que o seu corpo está respondendo ao tratamento.
  • Compartilhe todas as informações sobre a sua saúde com o seu médico à cada consulta.
  • Você deve entrar em contato com seu médico se suas convulsões agravarem ou se você tiver quaisquer novos tipos de convulsões.
  • Chame imediatamente o seu médico se tiver quaisquer novos sintomas ou agravantes, tais como alterações do humor ou do comportamento, depressão, ansiedade, insónia ou se você se sentir agitado, hostil, inquieto, hiperativo (mentalmente ou fisicamente) ou tiver pensamentos suicidas, ou se estiver se machucando.
  • Não pare de tomar este medicamento ou qualquer um dos seus medicamentos contra convulsões, a não ser que tenha recebido autorização do seu médico. Não pare de usar Lyrica sem falar antes com o seu médico, mesmo que se sinta bem.
  • Se parar de tomar o medicamento, isso de repente pode aumentar suas convulsões ou sua intensidade.
  • Use uma pulceira médica de identificação ou corrente se estiver tomando este medicamento para convulsões, e sempre tenha um cartão com a lista de todos os medicamentos que você toma.
  • Se você toma Lyrica para convulsões, tome o medicamento até você se sentir bem.
  • Você pode sentir sono ou tonturas. Não dirija, não utilize máquinas, e não faça qualquer coisa que precise de alerta mental até você souber como este medicamento te afeta.
  • Entre em contato com o seu medico se você tiver algum problema com a sua visão enquanto tomar Lyrica.
  • Não levante ou sente-se rapidamente, especialmente se você é um paciente idoso. Isso reduz o risco de tontura ou desmaios. Você pode ter aumento de convulsões ou sintomas de abstinência, como dor de cabeça, problemas de sono, náuseas e diarréia.
  • O álcool pode interferir no efeito deste medicamento. Evite bebidas alcoólicas.
  • Se você tiver um problema cardíaco, como insuficiência cardíaca congestiva, e se perceber que está tendo retenção de líquido em seu corpo e tem inchaço nas mãos ou pés, imediatamente entre em contato com o seu médico.
  • O uso deste medicamento pode aumentar as chances de pensamentos ou ações suicidas. Preste atenção especial como você está respondendo enquanto estiver tomando este medicamento.
  • Qualquer piora do humor, ou pensamentos suicidas ou sobre morte devem ser imediatamente relatados ao seu médico.
  • Pergunte ao seu médico como evitar os sintomas de abstinência quando você parar de usar Lyrica.
  • Não mude a dose de Lyrica sem a prescrição do seu médico.
  • Relate ao seu medico se o medicamento parece não funcionar bem no tratamento da sua enfermidade.
  • Qualquer prestador de cuidados médicos que o trate deve saber que você toma medicação para convulsões.
  • OBSERVAÇÃO: Este medicamento é apenas para você. Não compartilhe este medicamento com outras pessoas.
  • Tome Lyrica exatamente como foi prescrito por seu médico. Não tome em quantidades maiores ou menores ou por mais tempo do que foi recomendado. Siga as instruções вo rótulo.
  • Gravidez FDA categoria C. Não se sabe se Lyrica irá prejudicar um feto, mas uma convulsão durante a gravidez pode prejudicar a mãe e o bebê. Informe imediatamente o seu médico se ficar grávida enquanto toma Lyrica para convulsões. Não inicie ou pare de tomar Lyrica durante a gravidez sem prescrição medica.

Quais os efeitos colaterais ao usar este medicamento?

Efeitos colaterais comuns do Lyrica incluem:

infecção, ataxia, visão embaçada, constipação,diplopia, tonturas, sonolência, fadiga, dor de cabeça, edema periférico, tremor, ganho de peso, perda do campo visual, lesão acidental e xerostomia.

Outros efeitos colaterais incluem:

dificuldade ao caminhar, anormalidade do pensamento, amnésia, artralgia, disfunção cognitiva, confusão, edema, neuropatia, sinusite, distúrbio de fala, vertigem, perturbação visual, fraqueza, miastenia, ambliopia, aumento do apetite, espasmos. Veja abaixo uma lista completa de efeitos adversos.

Além de seus efeitos necessários, alguns efeitos indesejáveis podem ser causados devido a pregabalina (o ingrediente ativo do Lyrica). Caso ocorra algum destes efeitos colaterais, cuidados médicos podem ser necessários.

Efeitos colaterais principais

Você deve imediatamente consultar o seu médico se algum destes efeitos colaterais ocorrer ao tomar pregabalina:

Menos comuns:

  • falta de ar
  • aperto no peito

Raros

  • bolhas, descamação da pele
  • calafrios
  • tosse
  • diarréia
  • dificuldade de engolir
  • tontura
  • batimentos cardíacos acelerados
  • urticária
  • coceira
  • dor nas articulações ou nos músculos
  • inchaço das pálpebras ou ao redor dos olhos, rosto, lábios ou língua
  • lesões vermelhas na pele, muitas vezes com um centro roxo
  • olhos vermelhos e irritados
  • erupção cutânea
  • dor de garganta
  • úlceras ou manchas brancas na boca ou nos lábios
  • cansaço ou fraqueza incomum

Efeitos colaterais menores

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer ao uso de pregabalina podem não necessitar de cuidados médicos. Seu corpo se ajusta ao medicamento durante o tratamento, portanto estes efeitos colaterais podem desaparecer. Seu médico também será capaz de lhe dizer sobre maneiras de reduzir ou prevenir alguns desses efeitos colaterais. Se alguns dos seguintes efeitos colaterais persistirem, caso for incómodo ou se tiver alguma dúvida a respeito deles, consulte seu médico:

Mais comuns:

  • Lesões acidentais
  • inchaço do rosto, braços, mãos, pernas ou pés
  • visão embaçada
  • ardor, formigamento, dormência ou dor nas mãos, braços, pés ou pernas
  • mudança no jeito de andar e no equilíbrio
  • disequilíbrio
  • confusão
  • delírios
  • demência
  • dificuldade em evacuar(fezes)
  • dificuldade na fala
  • visão dupla
  • boca seca
  • febre
  • dor de cabeça
  • rouquidão
  • aumento de apetite
  • falta de coordenação
  • perda de memória
  • dor lombar ou lateral
  • micção dolorosa ou difícil
  • problemas com memória
  • rápido aumento de peso
  • sensação de pinos e agulhas
  • tremor e instável jeito de andar
  • sonolência ou tontura incomum
  • dor aguda
  • inchaço
  • formigamento nas mãos ou nos pés
  • tremores ou outros problemas de controle ou coordenação muscular
  • ganho ou perda de peso incomum

Menos comuns:

  • ansidade
  • sensação de corpo inchado ou cheio
  • ardor, rastejo, coceira, dormência, picadas, sensação de formigamento
  • dor no peito
  • suor frio
  • coma
  • pele fria e pálida
  • tosse produtivo
  • diminuição ou alteração na visão
  • depressão
  • exsesso de ar ou gás no estômago ou intestino
  • desordem ocular
  • falso ou incomum sentido de bem-estar
  • sensação geral de desconforto ou doença
  • aumento de fome
  • dor nas articulações
  • perda de apetite
  • perda de controle da bexiga
  • perda de força ou energia
  • dores musculares
  • espasmos musculares ou empurrões
  • fraqueza muscular
  • náusea
  • nervosismo
  • pesadelos
  • respiração barulhenta
  • dor
  • gases
  • movimento rítmico dos músculos
  • coriza
  • convulções
  • tremores
  • fala arrastada
  • suor
  • dificuldade para dormir
  • espasmos
  • movimentos descontrolados dos olhos
  • vômito

Esta lista pode não descrever todos os efeitos colaterais possíveis.

Onde guardar meu medicamento?

Guardar longe do alcance de crianças. Armazenar à temperatura ambiente de 15 a 30ᵒC (de 59 a 86ᵒF). Jogue fora qualquer medicamento não utilizado depois que a validade expirar.


Pais, idioma e moeda

Bookmarks sociais

Nossa página de faturamento é certificada por:

Secure shopping certificates

Testemunhos

  • Eu recebi a encomenda.
    A encomenda também chegou rapidamente ..
    Muito impressionado com a rapidez da entrega - Miguel